Acessibilidade

Ação conjunta da Secretaria de Segurança Integrada fecha e interdita casa terapêutica no Figueira Branca

19 Jun 2020

A Guarda Civil Municipal,(GCM) recebeu denúncias para verificar uma possível casa de recuperação de drogados particular. Os relatos envolviam brigas com uso de arma branca (faca) além da perturbação da vizinhança com barulhos e brigas até altas horas da noite. 

Em um primeiro momento, a proprietária foi identificada e notificada a regularizar a situação e tomar providências quanto às brigas e perturbação do sossego, no entanto não foi cumprido. Sendo assim, no objetivo de garantir a tranquilidade e segurança da população, foi montada uma operação pela Secretaria de Segurança, onde participou a Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e Vigilância em Saúde nesta quinta-feira (18). Na chegada ao local, a entrada foi autorizada a entrar, e foi constatado um local totalmente insalubre e com diversas situações preocupantes.

A operação notou que a estrutura era precária e oferecia muitos riscos aos que ali estavam, tendo em vista a fiação elétrica com muitas irregularidades, exposta diretamente no piso e sem atendimento algum das normas de segurança. Dentro da residência foi encontrado uma produção de biscoitos, onde não existia regramento sanitário e o alimento que posterior seria vendido à população era manipulado de forma irregular, os dormitórios inadequados, com super lotação.

Além de diversas outras irregularidades,  algo chamou a atenção dos fiscais é que a casa não cumpria nenhum dos regramentos contra o COVID19 e que isso colocaria toda a população em risco, tendo em vista que muitos circulavam diariamente no município.

No local foram tomadas todas as medidas cabíveis, foi fechado e interditado, sendo a proprietária orientada a não insistir na situação sobre pena de ser  responsabilizada por crime contra a saúde pública e desobediência.

      

    


 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário