Acessibilidade

Calor intenso exige mais cuidados com a pele e alimentação

14 Nov 2018

Com a aproximação do verão e o aumento das temperaturas é necessário um cuidado redobrado na hora de sair de casa. É por isso que aqui você vai encontrar algumas dicas de profissionais da área da saúde, que irão ajudar na hora de se preservar do calor intenso.

Quando se fala de alimentação, a nutricionista da Secretaria de Saúde, Flávia Saito, recomenda a ingestão de líquidos regularmente. "Por meio dos líquidos conseguimos nos hidratar e manter a nutrição. Algumas boas opções são: sucos como de mamão e maçã ou cenoura com laranja e couve, além de consumir ao menos dois litros de água por dia", salienta.

O período de calor também é conhecido pelas temidas intoxicações alimentares. A nutricionista Flávia faz o alerta. "É importantíssimo que se lave as mãos com água e sabão antes de comer ou se utilize o álcool gel. Todas hortaliças, frutas e legumes devem ser muito bem lavados em água corrente e em caso de restaurantes ou lanchonetes, deve-se ficar atento para a limpeza do local".

Ela ainda enfatiza. "O calor pede uma alimentação mais fibrosa com frutas, verduras e legumes para que se mantenha a circulação regular, além de favorecer o bronzeado com alimentos ricos em betacaroteno como cenoura, beterraba e abóbora cabotiá. "É sempre bom ponderar a fritura e o carboidrato", finaliza.

PELE - No calor as atividades ao ar livre aumentam, contudo o tão amado dia de sol pode se tornar um vilão. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a radiação solar incide com mais intensidade durante o período sobre a Terra, o que aumenta o risco de queimaduras, câncer da pele e outros problemas.

A SBD recomenda o uso de protetor solar sempre acima do fator 30, com aplicação uniforme de duas em duas horas, não esquecendo mãos, pés, nuca e orelhas.

A esteticista Kátia Galdeano, que atua em Campo Limpo Paulista lembra que a pele precisa estar sempre limpa e hidratada. Para isso, ela indica o processo de esfoliação caseira. "Recomendo sempre uma esfoliação com fubá e iogurte natural que irão proporcionar a limpeza e hidratação do corpo".

Kátia também ressalta que após exposição ao sol se houver ardência é recomendável à procura de um dermatologista e que para aliviar chás frios são uma boa alternativa. "Chá frio de camomila ou melissa aliviam um pouco o ardor".

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário