Acessibilidade

Desenvolvimento Social amplia atendimentos e conquista benefícios ao município

20 Dez 2018

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) bateu a marca de 3.394 pessoas cadastradas no 'Cadastro Único', programa do Governo Federal que compila informações sobre famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social. Com o feito, o município de Campo Limpo Paulista conquistou neste ano a compra de dois automóveis para atender a demanda da SADS e de todos seus equipamentos externos, por meio do Índice de Gestão Descentralizada (IGD), que analisa o crescimento das ações da Saúde, Educação e Assistência Social voltadas aos beneficiários do Cadastro Único.

Atualmente, Campo Limpo Paulista cobre 90% das famílias em situação vulnerável com o Cadastro Único e houve aumento de 63% no número de cadastrados quando comparado ao mesmo período de 2017. De acordo com a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cristina Andrade, em 2017, os cadastrados chegaram a apenas 2.085. 

"Nós intensificamos os esforços para cadastrar essas famílias. Com isso, conseguimos que os atendimentos nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) aumentassem, além de apresentarmos os direitos dessas famílias por meio dos programas sociais", salientou.

Outra ação marcante da SADS em 2018 foi a 9ª Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente, em novembro, na EMEF Monlevade. Mais de 60 crianças, adolescentes, pais e autoridades públicas debateram sobre o tema "Proteção integral, diversidade e enfrentamento às violências", ao lado dos mediadores que orientaram, ludicamente, todo o diálogo.

O CEU das Artes também foi destaque neste ano ao ter seu conselho gestor eleito democraticamente após mediações com a comunidade, realizadas em conjunto ao poder público. A estrutura receberá o CRAS São José, oficinas culturais, biblioteca e atividades ligadas ao esporte e lazer.

PAT - O Posto de Atendimento Trabalhador (PAT) ofertou de janeiro a dezembro deste ano, 1.613 vagas de trabalho nas mais diversas áreas. Também foram emitidas 1454 carteiras de trabalho e realizados 938 seguros desemprego. 

MAIS - Campo Limpo Paulista ficou entre as quatro melhores cidades do Sudeste no prêmio 'Progredir', do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), com o projeto 'Movimento Atitude' O trabalho ganhou destaque por atender a proposta do Governo Federal, que é trabalhar com as ideias de inclusão produtiva no Brasil.

O Movimento Atitude foi criado com foco em quem não conseguia recolocação no mercado de trabalho. Os beneficiários da Frente de Trabalho têm compromisso de dedicar oito horas semanais para um curso profissionalizante disponibilizado pelo município. Após passar um ano no programa, ele é encaminhado ao Programa de Atendimento ao Trabalhador (PAT) ou ao Banco do Povo, no qual poderá abrir uma microempresa e ainda requerer financiamento para desenvolver empreendimento, acompanhado pelo SEBRAE, na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

O Centro de Referência em Assistência Social São José (CRAS) recebeu em 2018, o grupo de gestantes. Mais de 30 gestantes passaram pela iniciativa, que levaram orientações sobre maternidade e cuidados sobre primeiríssima infância, período dos 0 a 3 anos de idade.

      

 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário