Acessibilidade

Desenvolvimento Social tem equipe de visitas domiciliares do Cadastro Único

18 Jan 2019

Mesmo com dificuldades de se locomover após cirurgia para remoção de hérnia, o idoso morador do bairro Parque Santana, Sebastião Carlos de Oliveira, de 64 anos, esbanjou simpatia ao receber na manhã desta sexta-feira (18), a equipe do Cadastro Único de Campo Limpo Paulista (CadÚnico) para atualização de seus respectivos dados.

Sebastião recebe o Benefício de Prestação Continuada / LOAS e não conseguiria renovar o cadastro, que deve ser atualizado de dois em dois anos, por não ser capaz de andar longas distâncias. A equipe da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) conta com as visitas em domicílio para sanar esse déficit de cidadãos que não poderiam chegar até a sede central do CadÚnico.

"Com o objetivo de facilitar o cadastramento de usuários Cadastro Único, a equipe realiza periodicamente visitas domiciliares para pessoas com deficiência ou idosos com dificuldade de locomoção. Além disso, também acontecem visitas para confirmar os dados novos e veracidade de informações prestadas pela família no ato da entrevista", salienta o gestor do Cadastro Único de Campo Limpo Paulista, Fabiano da Silva.

Para a irmã de Sebastião, Denair Aparecida Oliveira de Souza, de 55 anos, a visita foi um alívio. "A gente sabe do compromisso de renovar o cadastro, mas seria ruim se tivéssemos que levar meu irmão até lá por causa da dificuldade de andar. Até que eu consiga ser tutora dele, a visita é muito importante para nós", reforçou a senhora de meia idade.

O casal de idosos moradores do bairro São José, Alcíades de Jesus Rodrigues, de 70 anos e, Maria Elisa Rodrigues, de 68 anos, também contaram com visita do CadÚnico. "Eu pedi transferência para resolver todas as documentações em meu nome. Eu não havia conseguido há alguns dias porque minha esposa precisava assinar também e ela não estava comigo. Para não voltarmos, o pessoal marcou de vir em casa e resolvemos tudo bem rápido", contou Alcíades.

MAIS - Para o prefeito, dr. Japim Andrade, o serviço humaniza o atendimento. "Se adequar a realidade dos assistidos é muito importante para que possamos ajudá-los. Ir até a residência comprova nossa real preocupação com o bem estar da população oferecendo esta facilidade", exprimiu o chefe do Executivo. A primeira-dama, dr. Cristina Andrade, reforça que a ação é paralela a outras iniciativas da SADS. "Nós queremos oferecer o melhor para a população. Além das visitas, o atendimento nos Centros de Referência e Assistência Social procuram suprir quaisquer dúvidas dos cadastrados e até ofertar cursos profissionalizantes e demais benefícios", disse Cristina. 

O Cadastro Único também é responsável pela cessão do Bolsa Família e demais programas assistenciais, como: BPC/LOAS, INSS dona de casa, Carteira do idoso, ID Jovem e até por redução na conta de energia elétrica dependendo da renda familiar. Atualmente, Campo Limpo Paulista tem 5409 famílias no Cadastro Único, dentre elas 2551 recebem o Bolsa Família.

Para realizar o Cadastro Único ou uma visita domiciliar, a família deve entrar em contato no telefone (11) 4812-6400 e agendar seu atendimento. A SADS fica na Avenida Alfried krupp, nº 995, Jardim América.


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário