EMEF Francisco Monlevade conquista 1º lugar em projeto da CPFL

17 Abr 2018

Campo Limpo Paulista conquistou o primeiro lugar na premiação do programa 'CPFL Nas Escolas', realizada nesta terça-feira (17), em Campinas. O projeto da EMEF Dr. Francisco Monlevade foi um dos melhores entre os 178 inscritos, de escolas de todo o Estado de São Paulo. Como prêmio, a unidade ganhou uma sala multimídia e um projeto de energia sustentável.

"É um orgulho ver esse resultado positivo após um trabalho de grande dedicação por parte da equipe do Monlevade. Agradeço a diretora, coordenadora, professores e alunos. Isso é resultado do empenho de todos", comentou o prefeito Dr. Japim Andrade.

A diretora da unidade, Gabriela Olga Basso, destacou que os 59 alunos do 5º ano estão felizes com a conquista. "Estamos radiantes. Não esperávamos estar entre os finalistas, pois eram muito concorrentes."

Também foram premiadas na mesma posição a E.M. Professora Ivonete da Silva Camaro, do Guarujá e a EMEB Professora Sylvia Teixeira de Camargo Sannazaro, de Indaiatuba.

O projeto - Ao longo de 2017, o uso consciente da energia elétrica e mudança de hábitos foram temas trabalhados com os alunos do Monlevade. Os jovens produziram e entregaram panfletos pela cidade, conscientizando a população sobre o tema. Também foi realizada a leitura e análise das contas de energia da casa de cada aluno durante o período do projeto para identificar e comparar o consumo no inicio e após o trabalho de economia junto às famílias.

Educadores não só do Monlevade, mas de outras escolas municipais foram capacitados para disseminar conceitos básicos de uso inteligente e seguro da energia elétrica, por meio de ações lúdicas interativas.

Participaram do projeto as EMEFs Oswaldo Grandizoli, Governador André Franco Montoro, Vila Thomazina, Joaquim Viscaíno Filho e Estância São Paulo. Entre as estaduais estavam EE Frei Dagoberto Romag, EE Victor Geraldo Simonsen, EE Georgina Helena Fortarel, EE 15 de Outubro e EE Mario Pereira Pinto. 

A CPFL trouxe a Campo Limpo Paulista uma carreta, com um circuito de atrações que aguçaram a curiosidade dos alunos. 

Em todo o Estado de São Paulo, a CPFL atendeu com o projeto 203 escolas, capacitando 1015 professores e envolvendo 35 mil alunos. 

     


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário