Esclarecimento sobre a merenda escolar de escolas estaduais

31 Jan 2018

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista esclarece que o Governo do Estado de São Paulo não quis renovar a assinatura do convênio para fornecimento de alimentos para a merenda de escolas estaduais, conforme oficio assinado pela Diretoria de Ensino - Região de Jundiaí recebido em 22 de dezembro de 2017.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, em outubro de 2017 foi encaminhado ao secretário estadual de Educação, José Renato Nalini, um ofício no qual o município informava que não seria mais possível ceder as merendeiras para escolas estaduais, já que havia uma defasagem dessa mão de obra em escolas municipais. Das 42 servidoras que ocupam esse posto em Campo Limpo Paulista, 24 estavam à disposição do Estado.   

Em 2017, o município investiu R$ 2,5 milhões na compra de merenda e pagamento de funcionárias que atuavam nas escolas Estaduais. O Governo do Estado contribuiu apenas com R$ 793 mil.

Por meio de ofício, a Secretaria Municipal de Educação sinalizou à Diretoria de Ensino que a verba repassada pelo Governo do Estado se tornou insuficiente para a manutenção total do convênio? e também confirmou que o fornecimento dos alimentos seguiria normalmente.

No entanto, segundo a própria Diretoria de Ensino, o Estado teria que realizar um único contrato para as merendeiras e compra de alimentos e, por isso, não seria possível aceitar os alimentos fornecidos pela Prefeitura de Campo Limpo Paulista.  

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário