Prefeito anuncia Centro de Cultura e Cidadania para o município

13 Jun 2018

O prefeito dr. Japim Andrade anunciou nesta quarta-feira (13) o 'Centro Integrado de Cultura e Defesa da Cidadania'. O espaço iniciará as atividades em setembro, na Praça da Bíblia.

Serão instaladas, no prédio onde hoje está o Centro Cultural de Campo Limpo Paulista, a Secretaria de Segurança Integrada e o Departamento de Cultura e Eventos. "A Praça da Bíblia precisa de mais vida e segurança. A nossa ideia é transformar esse espaço em um grande ponto de cultura, aberto a toda a população", disse o chefe do Executivo. Ele destacou ainda a chegada da equipe da Secretaria de Segurança ao prédio. "É um ponto central, estratégico. Para nós será um ganho imenso, sem onerar os cofres públicos."

No prédio, serão realizadas diversas oficinas gratuitas, como teatro, cultura afro, origami, desenho, customização de roupas, pintura em tela, automaquiagem, maracatu, crochê, papel machê, artesanato em flores, entre outras.

Já a biblioteca segue no local, aberta a todos os munícipes. Parte do acervo já está no prédio, pois pertence à Prefeitura e foi cedido por tempo determinado ao Centro Cultural. De acordo com a diretora de Cultura, Dedé Lenk, o local será renovado e os leitores campolimpenses não serão desamparados. "Por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SISEB) receberemos mais de dois mil novos títulos. Além disso, receberemos da Fundação Zélia Gattai todas as obras de Jorge Amado, além de outras fontes e programas para ampliação de acervos de bibliotecas."

Ela lembrou ainda que atualmente Campo Limpo Paulista conta também com a Biblioteca 'Assis Chateaubriand', que fica no Botujuru, com um importante acervo gratuito, disponível aos munícipes.

De acordo com Dedé, uma comissão de transição vai acompanhar a saída do Centro Cultural, prevista para até 15 de agosto, para que as atividades prossigam no local, com todas as mudanças já previstas, sem necessidade de fechamento.

O espaço terá ainda, às quartas-feiras, às 19h, o Ponto Fixo de Cinema do Museu da Imagem do Som (MIS), da Secretaria do Estado da Cultura; ponto fixo do Cineclube de Campo Limpo Paulista, às sextas-feiras, às 19h30; sede da Academia Campolimpense de Letras; Sarau Cultural; e ampliação de horários de atendimento com atividades noturnas e aos finais de semana.

MAIS - O Centro Cultural Campo Limpo Paulista é uma Organização Não Governamental, que contava com concessão para ocupar a área até junho de 2017. 

Desde então, a ONG foi comunicada que seria necessária a mudança de local já que, desde 2014, existe uma lei (13.019), que trata do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil, no qual é determinado que toda parceria que envolva o compartilhamento patrimonial exige um chamamento público.

Com a necessidade de desenvolver atividades gratuitas sem onerar os cofres públicos com aluguéis, a Prefeitura optou por utilizar o local e informou o Centro Cultural no início de 2018. A transição tinha prazo para ocorrer até 16 de junho, porém, a pedido do Centro Cultural, o prazo foi prorrogado até agosto.  

 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário