Acessibilidade

Tarifa Social da Sabesp pode ser requerida no CRAS

04 Fev 2020

A fim de fornecer esclarecimentos para a população referente ao PROGRAMA TARIFA SOCIAL, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) faz uma parceria com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP), para orientar nos CRAS (Centro de Referência de Assistente Social) quanto a inclusão das famílias no programa. "A SADS tem este papel de garantir e orientar o direito do cidadão, mais uma conquista para as famílias atendidas nos CRAS." - afirma a Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Dra. Cristina Andrade.

Tarifa social é um benefício para favorecer as famílias de Baixa Renda. São consideradas de baixa renda as famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais). Idosos ou deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social, famílias indígenas ou quilombolas também têm direito ao Tarifa Social.

Para ter acesso ao programa é preciso atender aos pré-requisitos:

  • Possuir renda mensal de até 03 salários mínimos,
  • Morar em casas de madeira ou alvenaria, rústica com área útil construída de até 60m² e ser consumidor monofásico de energia elétrica com consumo de até 170KW/mês.
  •  Pessoas que moram em residências coletivas de baixa renda, como cortiços e assemelhados, pessoas desempregadas cujo último pagamento tenha sido no valor máximo de 03 salários mínimos, também têm direito ao benefício.

A tarifa social já existe, mas ainda tem baixa adesão da população.

MAIS: Além da orientação as famílias, serão oferecidos nos CRAS, PALESTRAS e ORIENTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ÁGUA/ESGOTO pela equipe da SABESP. 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário