Saúde

Em Campo Limpo Paulista, ocupação de leitos diminui mais de 50%

Data da publicação: 16/08/2021 16:51:38 - Data da atualização: 16/08/2021 16:51:38

Imagem: Vacinação em massa é o principal fator contribuinte

Desde o começo do mês de agosto, o Hospital de Clínicas de Campo Limpo Paulista tem registrado um baixo índice de pessoas internadas nos leitos destinados para o tratamento de Covid-19. Tanto nos 30 leitos de enfermaria, quanto nos 10 leitos de UTI, a situação está equilibrada. As estatísticas dão conta de que, em uma semana, as taxas de ocupação estão em queda, com registro de 10% na enfermaria e 30% na UTI. Os números são os mais baixos desde o começo da pandemia, no início de 2020.

Mesmo com a queda de internações, nenhum leito foi desativado até agora, exceto o hospital de campanha, que foi desmontado em junho, quando a cidade já vinha registrando uma queda no número de pacientes internados. 

Para o prefeito Dr. Luiz Braz, a campanha de vacinação ininterrupta é o principal fator para que este índice esteja estável e controlado. “Temos uma gestão eficiente, eficaz e inteligente à frente da vacinação e isso, sem dúvida, contribui para o sucesso da vacinação na cidade nos tornando, inclusive, uma referência e destaque nacional por ser uma das primeiras do estado a alcançar o público de 18 anos. Sem dúvida é um alívio saber que os números de internação estão cada vez mais baixos.” 

A cidade de Campo Limpo Paulista já registra um total de 59% da população com a primeira dose.

Casos confirmados e óbitos

Ao mesmo tempo em que as internações registram números menores, os casos confirmados também dão sinal de queda quando comparados com a última semana, registrando uma diminuição de 20%.

Os óbitos também diminuíram consideravelmente. Foram registrados, até agora, três óbitos. Já no mesmo período de julho, os índices apontavam 19 mortes por covid-19.  

Retomada

Com essa queda no número de internações, a equipe da Prefeitura e do Hospital de Clínicas já começa a pensar em um plano de retomada para as demais especialidades e cirurgias eletivas, que antes já aconteciam no local.

Autor: Departamento de Comunicação

Publicidade