Saúde

Prefeitura abre agenda de PSA em livre demanda

Data da publicação: 01/11/2021 13:52:49

Imagem: O Novembro Azul começa na rede pública, oficialmente, dia 3 com a volta do feriado prolongado

A Secretaria de Saúde de Campo Limpo Paulista dá início oficialmente ao Novembro Azul no próximo dia 3. O objetivo é abrir as unidades de saúde do município até o final do mês para solicitações de exame de sangue de PSA (antígeno prostático específico), em livre demanda. O combate ao câncer de próstata será o tema do mês e esse exame simples, pode ajudar no diagnóstico da doença de forma precoce.

O exame de PSA será avaliado pela equipe de enfermagem, qualificada para tanto. O paciente com alteração será encaminhado para consulta com especialista. “A proposta é podermos atingir mais homens que hoje, não fazem esse controle. O exame de sangue é um primeiro passo”, fala a secretária Alynne Sousa. A cidade não tem fila de espera no exame.

As unidades de saúde funcionam das 7h às 16 h. Os endereços podem ser encontrados no site da Prefeitura de Campo Limpo Paulista (www.campolimpopaulista.sp.gov.br)

Pedal azul

Como parte das ações, no próximo dia 7 de novembro (domingo), acontece também uma pedalada pela cidade, com saída do Ginásio Municipal e um trajeto de 35km, organizado pela Unidade de Gestão de Esportes e Lazer. A concentração acontece a partir das 7h com um alongamento para aquecer. O trajeto contempla pontos de hidratação. Para participar, basta fazer a inscrição por meio deste link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfBNjFY60qNk6enMqi77fKm29RaHI-JT_iRO_MzZHeT20B49A/viewform 

Saiba mais

No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Entre os principais sintomas estão dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência e  presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal e o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). 

Autor: Departamento de Comunicação

Publicidade