Saúde

Saúde inicia visitas casa a casa em combate à dengue

Data da publicação: 10/01/2022 17:43:09

Imagem: Agentes de saúde passaram por capacitação e ação começa na próxima semana

Neste momento em que as chuvas estão voltando na maior parte do país, aumentam as preocupações com a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Pensando em prevenir os possíveis casos, a Vigilância Sanitária de Campo Limpo Paulista preparou um treinamento específico sobre dengue para os agentes comunitários de saúde, que foi realizado na manhã da última sexta-feira (7). 

O objetivo é capacitar para o início da visita casa-a-casa, que começará na região do distrito de Botujuru a partir desta terça-feira, 11 de janeiro, com os agentes comunitários de saúde. Já uma outra equipe será responsável por percorrer o restante da cidade. 

O coordenador de Vigilância Sanitária, José Eduardo de Oliveira Souza, foi o responsável pela capacitação dos nove agentes participantes. Segundo ele, o trabalho contra a doença deve ser permanente. “O que estamos fazendo junto com a equipe é uniformizar conhecimento para que eles possam orientar a população da maneira mais assertiva possível”. Em 2020, a Vigilância Sanitária registrou quatro casos de dengue em Campo Limpo Paulista. Já em 2021, foram registrados três casos. 

Vale lembrar que os profissionais que farão o trabalho de visitas estarão devidamente identificados, evitando qualquer tipo de golpe e garantir a segurança dos munícipes. 

Para evitar o desenvolvimento dos ovos do Aedes aegypti, é importante lembrar de tapar os tonéis d’água, manter as calhas limpas, deixar garrafas e recipientes com a boca para baixo, limpar semanalmente e encher os pratos de vaso de plantas com areia, manter lixeiras bem tampadas, ralos limpos, com aplicação de telas, além de manter lonas para material de construção e piscinas sempre esticadas para não acumular água. Com medidas extremamente simples, você pode impedir a proliferação do mosquito e fazer a sua parte no combate à dengue. 

Autor: Departamento de Comunicação

Publicidade