Acessibilidade

2ª Audiência Pública do Plano Diretor é marcada por participação popular

14 Nov 2018

A 2ª Audiência Pública de Revisão do Plano Diretor Municipal, na noite desta terça-feira (13), contou com a participação da população, que pôde usufruir do microfone para propor abertamente novas sugestões ao plano, no que se refere a melhorias para o município. Atualmente, os estudos ao Plano Diretor estão em fase de diagnóstico, que permite a propositiva participação popular.

Durante o processo também foi aplicado um questionário aos participantes, para listarem qualidades, problemas e pontos a serem considerados ao desenvolvimento futuro da cidade. "O questionário é um importante meio de participação porque dará o direcionamento certo às futuras diretivas do Plano Diretor", salientou a diretora de Obras e Planejamento, Rose Novaes.

Além disso, a arquiteta, Vanessa Bello Figueiredo, da empresa "MS Consultoria" - que ganhou a licitação para desenvolver o processo de Revisão do Plano Diretor - esteve na audiência para tirar dúvidas dos munícipes e demonstrar o andamento dos estudos. "A gente ainda está em fase de diagnóstico cruzando todas as informações e caminhando para o levantamento de mais propostas. São de fundamental importância os apontamentos dos munícipes que conhecem seus respectivos bairros."

Para a secretária de Obras e Planejamento, Márcia Andrade, a audiência é sinônima de transparência no processo de Revisão do Plano Diretor. "Nós primamos pela participação popular como é instituído por lei no processo de revisão do Plano Diretor a cada 10 anos. Queremos que nos encontros sejam apontadas dúvidas para que as diretivas lá na frente estejam de acordo com a demanda da população e características do município", disse.

MAIS - Também foi apresentada na audiência, a nova página disposta no site da Prefeitura, em que o munícipe pode se cadastrar e fazer perguntas ou apontamentos acerca do processo de Revisão do Plano Diretor CLIQUE AQUI E CONFIRA O NOVO MEIO DE INTERAÇÃO

As próximas audiências seguem a agenda:  24/11/2018 - EMEF Vereador José de Souza Charrua - às 9h (Avenida Casa Branca, nº 3288, Vila Constança - Botujuru); 27/11/2018 - Centro de Integrado de Cultura e Defesa da Cidadania - às 18h30 (Avenida Alfried Krupp, nº 1025, Jardim América - Antigo Centro Cultural).

Os interessados em participarem das audiências podem conferir os 46 mapas temáticos de estudos sobre a cidade e região em que o município está inserido, disponibilizados pela Secretaria de Obras e Planejamento (SOP) CLIQUE AQUI E CONFIRA O DIAGNÓSTICO URBANÍSTICO DA LEGISLAÇÃO ATUAL

Confira também as propostas já levantadas CONFIRA AQUI O DIAGNÓSTICO LEVANTADO



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário