Acessibilidade

Assistência entrega certificados por qualificação profissional a membros da Frente de Trabalho

26 Ago 2019

 Os integrantes da Frente de Trabalho de Campo Limpo Paulista deram, nesta segunda-feira (26), mais um passo rumo a uma intensa transformação da vida profissional. Após estudo e prática, eles receberam os certificados para os cursos de limpeza predial e manutenção e conservação de vias públicas, ambos promovidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, por meio da empresa Cecom.

Além de oferecer uma vaga remunerada no Programa Frente de Trabalho a Secretaria, por determinação do prefeito dr. Japim Andrade, também investe na formação da equipe, que hoje conta com 46 pessoas. "Nossa ideia é de que aqui seja o começo de uma nova vida. É uma primeira oportunidade para quem está há muito tempo, seja qual for o motivo, fora do mercado de trabalho. Aqui oferecemos o trabalho e também capacitação para que a vida tome novos rumos", explicou a primeira-dama e secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, dra. Cristina Andrade.

A primeira-dama comentou ainda que muita gente que passa pela Frente de Trabalho é reinserida no mercado de trabalho por meio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT). "O programa é uma base para que todos sigam em frente. Felizmente já tivemos muitos casos de pessoas que conseguiram oportunidades em empresas", comentou. Dra. Cristina também frisou que muitos também retomam os estudos na Educação para Jovens, Adultos e Idosos (EJAI), da Secretaria de Educação.

A responsável pelo programa na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Patrícia Abel Gomes, destacou a todos a importância da responsabilidade com relação a horários e cumprimento de tarefas ao longo do período na Frente de Trabalho. "O objetivo aqui  é a reinserção no mercado de trabalho. Somos uma bengala para que vocês voltem a andar com as próprias pernas: estudem, percam seus vícios, se livrem de questões com a justiça, se reorganizem."

Entre os integrantes do projeto que receberam o certificado estava Luca Almeida Pagani, de 19 anos, morador do Jardim Vitória. Ele conta que a Frente de Trabalho representa muito mais que um salário mensal. "Para mim, foi a oportunidade de mudança de vida. Me ajudou a ser uma pessoa mais responsável e me ajudou em problemas pessoais, com um encaminhamento ao CAPS que me ajudou na luta contra vícios."  Assim como ele, Jonas Previdente de Moraes, de 34 anos, morador do Parque Internacional também fala sobre a oportunidade. "Sou muito grato, veio em um momento em que eu precisava muito."

 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário