Acessibilidade

Campo Limpo Paulista chega aos 54 anos de olho no futuro

20 Mar 2019

Ainda uma cidade jovem se comparada aos municípios brasileiros, Campo Limpo Paulista chega, neste dia 21 de março, aos 54 anos. De olho no futuro, um dos principais alicerces do município atualmente é a educação.

Neste ano, após uma produção que envolveu todos os funcionários da rede municipal de ensino, a cidade começou a trabalhar o novo currículo da Educação, que tem como foco o aluno como o grande protagonista.

Outro novo passo é o projeto de lei criado pelo prefeito dr. Japim Andrade, que autoriza a distribuição de uniforme para a garotada nas escolas. Agora aprovada pela Câmara Municipal, a proposta vai ganhar forma e, em breve, mais de 10 mil alunos receberão gratuitamente as peças para usar no dia a dia, assim como o kit de material escolar.

O prefeito dr. Japim lembra ainda que já realizou reforma e pintura em mais de 30 unidades escolares, antes sucateadas e algumas sem manutenção há mais de 10 anos.  "Estamos avançando aos poucos, deixando o ambiente escolar cada vez mais acolhedor para nossos alunos, que são o futuro de Campo Limpo Paulista."

A merenda também é prioridade. Com o cardápio renovado, as escolas estão recebendo agora arroz, feijão e achocolatado, tudo orgânico. Nove unidades escolares também estão recebendo novos fornos.

Saúde - Na saúde, os avanços não param. O Hospital de Clínicas está a todo vapor, com mais de 10 mil atendimentos por mês, sendo eles cerca de 100 partos. Além disso, no mês de março está em andamento um atendimento especial, que vai contemplar 90 pessoas com cirurgias oftalmológicas de catarata.

As Unidades Básicas de Saúde se preparam para um passo inédito: a informatização de toda a rede. Os novos computadores já chegaram e serão entregues nos próximos dias. Outro avanço recente é a abertura do Centro de Nefrologia, realizada há sete meses. O espaço já atende cerca de 100 pessoas mensalmente, de Campo Limpo Paulista e toda a região. "Os pacientes da cidade antes precisavam se submeter a longas e cansativas viagens para o tratamento. Agora isso mudou", conta dr. Japim Andrade.

Outra conquista foi a chegada de uma nova ambulância. O veículo, comprado com verba de emenda parlamentar do deputado Carlos Cesar, no valor de R$ 120 mil, será usado para atendimento do serviço 192. Houve também um investimento de R$ 27,6 mil do município.

A cidade possui agora, seis ambulâncias, cinco para urgência e emergência e uma para transporte ambulatorial. 

A Saúde também reativou o Programa de Planejamento Familiar, com cirurgias de vasectomia e laqueadura. Além disso, firmou um convênio com o Grendacc para 80 consultas mensais.

Segurança - Campo Limpo Paulista realizou a aquisição de 66 novos coletes balísticos para a Corporação, um investimento de R$ 30 mil que não era realizado há mais de 10 anos. A Guarda Municipal de Campo Limpo Paulista recebeu ainda uma viatura e uma moto, como contrapartida da empresa Viflon para a instalação no município.

Houve ainda a compra de mais de 4 mil munições para revólveres, pistolas e espingardas, calibres 38, 380 e 12. A compra atende à exigência do Estatuto do Desarmamento e da Polícia Federal, após autorização de compra emitida pelo Ministério do Exército.

Operações para inibir os pancadões na cidade, a pedido dos moradores, têm sido realizadas com frequência. Além disso, a Ronda Escolar ganhou reforço e tem feito a diferença na porta das escolas do município. Outra conquista foi a compra de uma nova moto, que deve chegar em, aproximadamente, 50 dias.

Esporte - Mensalmente, de acordo com o prefeito Dr. Japim Andrade, são atendidos cerca de 3 mil alunos nas mais de 25 modalidades oferecidas gratuitamente pela Prefeitura, além dos campeonatos especiais como o Futebol Amador.

Outro destaque da Secretaria de Esportes foi a retomada dos Jogos Escolares, em parceria com a Secretaria de Educação, que em 2018 reuniu mais de mil alunos da rede municipal, estadual e privadas nas disputas. 

Além disso, o esporte vem escrevendo uma nova história na vida de milhares de pessoas que já passaram pelo Grupo de Apoio ao Emagrecimento (GAE), que já está em sua 10ª edição. O programa conta com nutricionista, médico, psicólogo e educadores físicos, tudo gratuitamente, para oferecer aos campolimpenses uma melhor qualidade de vida.

Obras - As avenidas da região central Adherbal da Costa Moreira, Emancipadores, Alameda dos Direitos Humanos foram recapeadas, além das ruas Guatemala e Groelândia, no Jardim América, que ganharam obras de drenagem e pavimentação.

A entrega da sala multiesportiva no Complexo Esportivo Central foi uma das realizações da Secretaria de Obras e Planejamento (SOP). A estrutura oferece à população banheiro masculino, banheiro feminino, banheiro adaptado para pessoas com deficiência, uma sala para depósitos de materiais, porta corta fogo, além de sistema de reutilização de água da chuva e jardim ornamentado pela equipe do Departamento de Meio Ambiente, em parceria com o Viveiro Municipal.

Outro destaque para a SOP, desta vez por meio da Diretoria de Habitação Social (DHS), foi a conclusão das obras de infraestrutura da Vila Industrial com pavimentação, sistema de drenagem e sinalização horizontal e vertical para automóveis e pedestres. O local foi contemplado com um projeto social elaborado para incluir a comunidade em uma vida socioeconômica sustentável, por meio de curso profissionalizante, palestras sobre a conscientização ambiental e a fundação de uma associação de moradores.

Desenvolvimento Social - O Fundo Social de Solidariedade já formou mais de dois mil alunos desde 2017 em diversas áreas como: beleza, confeitaria, panificação, construção civil, informática, cuidador de idosos, cuidador infantil, auxiliar administrativo, barbearia e muito mais.

Outra frente do desenvolvimento social é o alcance de mais de 5 mil famílias cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico). A ação proporciona um aumento no repasse de verbas do Governo Federal ao municipal, o que já possibilitou a compra de dois automóveis para visitas dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e Centro Especializado em Referência de Assistência Social.

Serviços Urbanos - Só os serviços de capinagem chegaram a mais de 2 milhões m² e a operação tapa-buracos, que faz a manutenção do asfalto bateu mais de 17 mil m². Ainda, 1.068 bueiros e bocas de lobo foram desentupidos, além dos serviços de terraplanagem que contabilizaram 105 mil metros lineares.

Cultura - Nos últimos dois anos de gestão, o setor cultural ganhou uma atenção especial com a realização dos carnavais, festas da cidade e Folclorando, que retomaram o perfil dos campolimpenses ao fomentarem atrações locais e somarem um público de quase 150 mil desde 2017.

Os atendimentos nas oficinas culturais chegaram a 160 inscritos em 2019, nas modalidades: balé, dança contemporânea, breaking dance, alongamento, dança de salão, desenho, jazz, teatro e pintura.

                      

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário