Com atendimento no sábado (15), Finanças realiza mais de 30 renegociações de dívidas

17 Set 2018

O atendimento no Balcão de Atendimento do Paço Municipal para o Programa Especial de Parcelamento de Dívida Ativa (PEPDA) foi sucesso neste sábado (15). Mais de 30 munícipes compareceram para regularizar os débitos com o Poder Público.

O próximo sábado de atendimento com horário mais flexível será em 6 de outubro, 10 de novembro e 8 de dezembro, das 8h às 14h. 

Além disso, o atendimento prossegue normal de segunda a sexta-feira, das 11h às 16h, com entrega de senhas até as 15h.

A dívida ativa inclui débitos como IPTU, ISS, multas e ITBI, por exemplo. Os contribuintes que possuírem débitos ajuizados e não ajuizados podem fazer o parcelamento em até 48 vezes com desconto ou em até 120 vezes, sem o benefício da Lei de Anistia. Cada parcela não poderá ser inferior a R$ 45 para débitos de pessoa física; R$ 80 para débitos de Micro Empreendedor Individual (MEI); e R$ 250 para débitos de pessoa jurídica.

Com o pagamento à vista é possível obter 100% de desconto sobre o valor dos juros e multas, multa de mora, muitas de ofício e multas isoladas. Em até seis vezes, o desconto sobre os juros e multas é de 90%. Parcelando em até 12 vezes, há desconto sobre juros e multas de 80%.

Esses descontos se modificam de acordo com o número de parcelas escolhido pelo contribuinte (veja na tabela abaixo).

Quem já participou de programas de parcelamentos anteriores e está em débito com o município pode requerer um novo parcelamento.

DOCUMENTOS - Se a dívida é de natureza imobiliária, é necessário levar CPF, RG, comprovante atual de endereço, escritura ou compromisso particular de venda e compra do imóvel ou contrato de cessão de direitos, ou certidão do Cartório de Registro de Imóveis, ou ainda qualquer outro documento hábil para comprovação da titularidade do requerente sobre o imóvel cujo tributo será objeto do parcelamento.

Se a dívida é de natureza mobiliária é necessário CPF, RG, contrato social, cartão de inscrição no CNPJ, ou qualquer outro documento hábil para comprovação da titularidade do requerente sobre a empresa ou firma individual cujo tributo será objeto de parcelamento.

 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário