Acessibilidade

Cultura abre inscrições para oficinas gratuitas de Teatro e Literatura a partir de 1º de agosto

25 Jul 2019

O Departamento de Cultura e Eventos, em parceria com o programa OC (Oficinas Culturais), da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa, por meio da Poiesis, oferecerá duas opções de oficinas gratuitas nos meses de agosto e setembro: Teatro - Treinamento do Ator, Corpo e Voz, dias 24 e 31 de agosto, das 9h às 13h e Literatura - Oficina de Criação Literária - Nós & Outros, dias 28 de agosto, 04 e 11 de setembro, das 19h às 22h.

 

Para participar, os interessados devem ser maiores de 16 anos e no caso da oficina de Teatro, já ter alguma habilitação nas artes cênicas porque a oficina é dirigida a profissionais da área. As inscrições estarão abertas a partir de 1º de agosto e serão realizadas no Departamento de Cultura, que fica na Avenida Alfried Krupp, nº 1025, Jardim América. Maiores informações 4431-3084.

 

As vagas são limitadas, sendo 15 para o curso de Teatro e 20 ao de literatura.

 

CONTEÚDO - O principal objetivo do workshop de Teatro é o de estruturação de uma metodologia de acesso a um corpo performático capaz de lidar com a cena em seus diversos aspectos e possibilidades. O ator como performer e não como intérprete na busca por uma presença viva e potente: a atuação acontecendo diante de nossos olhos numa relação efetiva com voz, corpo e espaço.

 

A arte Educadora, Lígia Helena será responsável pela oficina de Teatro. Com formação em Comunicação Social, a educadora já tem em seu vasto currículo diversas capacitações nas Artes Cênicas e em expressão corporal.


Já a oficina de Literatura propõe uma reflexão sobre a memória e a identidade como 
construção - individual, familiar e social -, tendo como eixo a escrita nas fronteiras entre ficção, auto-ficção e biografia. Durante a oficina serão discutidos os elementos básicos da escrita e principalmente as estratégias de abordagem para a criação literária a partir das intenções do autor.

 

A escritora Eda Nagayama será a ministra da oficina. Doutoranda em Estudos Literários em Inglês, pela Universidade de São Paulo, Eda também foi finalista no prêmio São Paulo de Literatura , em 2016, além de já ter sido selecionada pelo Programa de Fomento Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAc), com a publicação literária "Yaser", a narrativa ficcional sobre os 50 anos de ocupação da Palestina por Israel.

 

MAIS - Para o prefeito dr. Japim Andrade, oferecer duas oficinas gratuitas e com profissionais tão renomados é um privilégio ao município. "Temos incentivado a qualificação cultural, o que caminha na contramão de outras cidades que têm cortado esta área. Sabemos da importância de fomentar nos cidadãos o desejo de consumir cultura, o que os faz mais sedentos por conhecimento consecutivamente", disse o chefe do Executivo.

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário