Acessibilidade

Cultura leva 1º Seminário de Escola, Cultura e Sociedade a profissionais da Educação

17 Abr 2019

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista oferecerá aos educadores da rede municipal de ensino e outros profissionais da área da Educação, o "1º Seminário: Escola, Cultura e Sociedade", por meio da Diretoria de Cultura e Instituto Iddeia, Cultura e Pesquisa, na próxima quarta-feira (24), a partir das 14h, no Anfiteatro da UNIFACCAMP (rua Nicarágua, nº 55, prédio 6, Jardim América).  

A ação se insere no contexto do compromisso para a promoção da educação em Direitos Humanos nos ambientes escolares e territórios culturais ao promover iniciativas de respeito à identidade e diversidade cultural brasileira.

Para o prefeito dr. Japim Andrade, o seminário permitirá um diálogo aberto com os profissionais para a discussão da esfera cultural inserida em sala de aula. "Nosso governo já oferece gratuitamente muitas iniciativas culturais que alcançam os jovens fora do ambiente escolar. Abordar esta temática nas escolas leva mais conhecimento e capacita a cada dia mais os professores com novas didáticas", salientou o chefe do Executivo.

O secretário de Educação Ronaldo Pereira, ressalta que o conteúdo programado visa promover uma melhor qualidade no convício dentro das escolas. "Dentro do contexto educacional será discutido Cultura e Direitos Humanos, no sentido de superar a violência, o preconceito e a descriminalização, bem como, atividades culturais", frisou.

MAIS - O Seminário dividi-se em duas aulas: a) Diálogos e Transdisciplinares para Formação de Educadores, com início às 14h; b) Educação e Formação Artística e Cultural, com início às 15h.

Confira o currículo resumido dos mediadores que comparecerão ao evento:

Prof. Claudine Dutra Melo: Historiadora, pós graduação em Educação, Cultura e Relações Etnico-Raciais (ECA/USP), membro do Núcleo Nelson Mandela Cultura de Paz e Práticas Restaurativas, Comunidade Reinventando a Educação(CORE), Núcleo Maximiliano Kolbe de Direitos Humanos (NMK), Frente Dom Paulo Evaristo Arns por
Justiça e Paz, pesquisadora da BibliASPA - Biblioteca e Centro de Pesquisa e Cultura da África, América do Sul e Países Árabes.

Prof. Samuel Pereira: Licenciatura em Pedagogia e Artes Visuais, Especialização em Alfabetização e Letramento. Facilitador de Práticas de Cultura de Paz, Justiça Restaurativa e Mediação de Conflitos. Membro do GPEI (Grupo de Pesquisa em Educação Integral - PUC-SP) Professor pesquisador do Grupo - Diversidades Culturais, Educação , Inovação Social e Cultura de Paz-(UFABC) e Professor da Rede Municipal de Ensino de São Paulo.

Prof. Fabiano Fernandes Garcez: Graduado em letras pela Universidade de Guarulhos (UNG), leciona língua portuguesa na rede Estadual e Municipal de São Paulo. É autor dos livros: Poesia se é que há (2008), Diálogos que ainda restam (2010), Rastros para um Testamento (2012) e Em meio aos ruídos urbanos(2016), avaliador de redações do ENEM. Membro fundador do Lê Guarulhos - Associação Guarulhense de Escritores, membro do Fórum de Cultura Jaçanã/Tremembé-SP.

Prof. César Magalhães Borges: Escritor e professor universitário, desenvolve trabalho literário, desde 1980, que envolve poesia, contos, crônicas, canções, roteiros para teatro e histórias infantis. Publicou diversos artigos sobre o papel formativo da arte e desenvolve, atualmente, pesquisa em que aborda alguns aspectos da criação
literária. 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário