Acessibilidade

'Dia D' contra a Influenza é realizado nas UBSs da cidade

04 Mai 2019

O sábado (4) foi dia de prevenção contra a gripe nas Unidades Básicas de Saúde de Campo Limpo Paulista e de todo o Brasil. O 'Dia D' da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza imunizou centenas de munícipes. O prefeito dr. Japim Andrade esteve nas UBSs para acompanhar o trabalho das equipes da Secretaria de Saúde e da ETEC (Escola Técnica Estadual) .

O prefeito falou da prevenção, principalmente nos grupos que são prioritários na Campanha. "A gripe, historicamente, pega pessoas de todas as idades. No entanto, idosos, crianças e pessoas com doenças crônicas são mais suscetíveis à doença. Por isso a prevenção é essencial", esclareceu dr. Japim, que também é médico.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Roberta Assalim Fernandes, destacou que segundo o último balanço, 29% do público-alvo da campanha havia comparecido às Unidades. A expectativa é de que com o Dia D o alcance seja grande. Os dados relacionados ao trabalho realizado neste sábado serão divulgados na segunda-feira (6). "A campanha neste ano, além de ser uma medida de proteção contra a Influenza, também está atualizando as carteirinhas. Então, é uma oportunidade para os munícipes colocarem as doses em dia."

Quem esteve nas UBSs mostrou estar com as informações sobre a vacina na ponta da língua. "Eu tomo todo ano e sei da importância para prevenir a gripe. Para nós é essencial", destacou Moacir José de Souza, de 69 anos. Ele foi à UBS Botujuru logo pela manhã com a esposa Vânia Maria de Souza, de 63 anos. "A saúde sempre está em primeiro lugar. Não podemos perder oportunidades como essa."

Assim como o casal, Juvenal Antônio de Oliveira, de 61 anos, compareceu. "É o segundo ano que tomo. Achei a primeira vez muito eficaz, pois não tive gripe."

A CAMPANHA - As Unidades Básicas de Saúde de Campo Limpo Paulista, exceto Vila Marieta e Jardim Europa, prosseguem com a Campanha até 31 de maio. De segunda a sexta-feira, o atendimento é das 7h30 às 12h e das 13h às 15h O grupo prioritário inclui crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).  Também podem comparecer os profissionais da área da saúde; pessoas com 60 anos ou mais; professores das escolas públicas e privadas com identificação; e portadores de doenças crônicas. Também foram incluídos os policiais civis, militares, bombeiros, membros das Forças Armadas, desde que comprovem estar em atividade atualmente.

MAIS - A estratégia de vacinação tem como objetivo minimizar a ocorrência da doença, as internações e óbitos atribuíveis ao vírus Influenza nos grupos mais vulneráveis. Em Campo Limpo Paulista o principal alerta é para o primeiro grupo prioritário a ser vacinado. Em 2018, só 54,72% das crianças e 59,88% das gestantes compareceram às Unidades Básicas. 

IMPORTANTE - A vacina é contraindicada para casos de reação anafilática em dose anterior; história de anafilaxia à proteína do ovo e reação a qualquer componente da vacina. É essencial conversar com os enfermeiros sobre históricos anteriores. 


        

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário