Dia Verde encerra a Semana do Meio Ambiente com sucesso

10 Jun 2017

O encerramento da Semana do Meio Ambiente foi acalorado apesar do frio deste sábado (10), batizado de Dia Verde. Mais de 100 participantes passaram pela Praça da Bíblia e encontraram diversas atividades simultâneas como música, gastronomia, artesanato, oficinas relativas à temática natureza e muito mais.

Para o prefeito dr. Japim Andrade, que também prestigiou o evento, a programação foi um presente à população. "Todas as atividades da Semana do Meio Ambiente buscaram a conscientização e a preservação de nossa fauna e flora. Hoje, demos mais um importante passo para a pasta ambiental de Campo Limpo Paulista", disse o chefe do Executivo.

A Coordenadora de Meio Ambiente, Fernanda Lobo, destacou a alta aderência da Semana do Meio Ambiente por parte dos campolimpenses. "Tivemos dias de vasta programação com palestras, passeios ambientais com as escolas municipais, caminhadas e o evento de hoje, os quais totalizaram mais de 1000 participantes. Estamos muito felizes", salientou a geógrafa Lobo.

CULTURA - A programação que iniciou às 9h incluiu apresentação cultural dos Centros de Arte e Movimento (Ceam) do Botujuru e Vila Ipê, com músicos violonistas, violinistas, guitarristas, flautistas e cantores. O aluno dedicado, Carlos Vieira, de 53 anos destacou a importância do projeto em sua vida.

"Eu entrei para aprender violão agora e estou gostando bastante. Tenho trabalhos na comunidade religiosa que frequento e aprender um instrumento está me ajudando muito", contou o morador da Vila Constança.

O balé infantil marcou presença ao apresentarem duas coreografias que arrancaram palmas do público. Também, a banda "Coreum" de rock, chamou a atenção ao som de guitarras estridentes dentro das atrações do dia.

OFICINAS - As oficinas fizeram sucesso com os escoteiros do Grupo Ivoturucaia. Dentre os meninos e meninas, a participação foi massiva nas oficinas de origami, apicultura, reciclagem e flores comestíveis. "Para os escoteiros esta participação em atividades ambientais conta pontos em nível nacional, além de ser o nosso modo de viver, sempre com respeito à natureza", disse o chefe dos Escoteiros, Wagner da Silva.

Doação de mudas nativas e ornamentais foi outro diferencial do evento que conquistou vários munícipes. Houve ainda, campanha do agasalho, coleta de medicamentos vencidos e doação de animais com o "Abrigo do Jello".

Ao final do evento foram sorteados vasos de mudas de hortaliças e um quadro pintado durante a programação pela artista plástica, Bruna Ferreira. Uma roda de capoeira aglomerou o público ao sol das 13h30, para a celebração que findou com chave de ouro a agenda do Dia Verde.


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário