Fiscalização dos transportes escolares coloca pais em alerta

18 Ago 2017

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista, por meio da Diretoria de Trânsito e Transportes, faz um alerta à segurança dos alunos transportados no município com intensa fiscalização dos veículos escolares após a vistoria semestral ocorrida na última segunda-feira (14), no Complexo Esportivo Central.

De acordo com o diretor de Trânsito e Transportes, Jones Vandega, a ação visa chamar a atenção dos pais quanto aos cuidados na contratação do serviço de transporte. "A segurança sempre deve vir em primeiro lugar. Os pais têm que ficar atentos aos detalhes e consultar o nosso departamento sobre as condições do veículo que pretendem contratar", salienta Vandega.

Para isso, a Diretoria de Trânsito separou dicas aos munícipes que podem ajudar na hora de garantir mais segurança aos seus filhos. Segundo a equipe técnica do setor, o maior detalhe a ser observado é o selo de vistoria alaranjado do segundo semestre de 2017, cedido aos veículos regularizados. "O selo fica no para-brisa do carro e certifica que o veículo passou por inspeção e é regulamentado", frisa Jones.

Outros métodos apontados são: pedir a habilitação do condutor e verificar se atrás do documento, no campo "Observação", está descrito "Condutor Escolar"; perceber se as janelas do carro não têm abertura maior que 10 cm; perguntar se há monitor que acompanhe as crianças, o que é obrigatório; analisar as condições dos pneus se estão carecas ou com parafusos faltando; quantidade de cintos de segurança, além das condições de higiene e na estrutura do carro como um todo.

Também, para mais informações, os pais podem se certificar da qualidade do serviço ligando na Diretoria de Trânsito e Transportes, por meio do telefone (11) 4039-4931 bastando apresentar a placa e número de identificação do veículo. Caso prefira, o munícipe pode se dirigir à Diretoria que fica na rua Francisco Cardoso, nº 150, Vila Cardoso.

O diretor de Trânsito e Transportes, Jones Vandega, cita o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), ao especificar que as escolas também são responsáveis pela segurança do aluno. "O código prevê que a escola que entregar os alunos para veículos irregulares ou indicar o serviço precário, consequentemente, também poderá ser responsabilizada."

Após a vistoria semestral, da última segunda-feira (14), um veículo irregular já foi recolhido ao pátio da Polícia Militar e contou com mais de 10 autuações a nível municipal e estadual.



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário