Acessibilidade

Secretaria de Educação apresenta diretrizes curriculares em Conferência

15 Dez 2018

"Um trabalho feito a mais de mil mãos e mil corações." Assim o professor doutor César Nunes, coordenador da CEDUCAMP, definiu a construção das Diretrizes Curriculares da Educação Básica de Campo Limpo Paulista, documento apresentado na Conferência Municipal de Educação, neste sábado (15). Pais, alunos, educadores e gestores marcaram presença. 

Durante o encontro  foram apresentados os principais pontos do currículo da rede municipal de ensino, que tem 355 páginas.  Com o lema 'Cidade que Educa, Escolas que acolhem e Currículo que Humaniza', todo o processo foi pautado pela democracia, em quatro conferências, 46 reuniões temáticas, 38 jornadas de formação e 100 encontros com educadores, gestores e funcionários para a construção do novo currículo. Pais e alunos também foram ouvidos.

"Esse documento define os passos para a Educação em Campo Limpo Paulista nos próximos dez anos. Tenho muita felicidade ao em ver o resultado de uma construção coletiva. É uma conquista para a cidade", comentou o prefeito dr. Japim Andrade, que estava acompanhado pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cristina Andrade. Também compareceram secretários do governo e os vereadores Riberto e Cristiane Damasceno. 

O documento ficará disponível no site da Prefeitura de Campo Limpo Paulista na próxima terça-feira (18) e sugestões ainda serão recebidas até 10 de janeiro. Após isso, o currículo será formatado e protocolado no Ministério da Educação para ser usado em 2019 na rede. "Estou emocionado, pois assim como todos os envolvidos nesta trajetória, sei que o caminho não foi fácil. Tenho muito orgulho de toda a equipe da Educação que compreendeu a necessidade da valorização dos saberes", comentou o secretário de Educação, Ronaldo Pereira.

O professor César Nunes lembrou que Campo Limpo Paulista está entre os 22% municípios brasileiros que iniciaram a construção do novo currículo. O prazo para a entrega estipulado pelo Ministério da Educação é 2020. "É o currículo mais esclarecido e bem elaborado do Brasil. É um documento com coerência, que trata a educação infantil como direito, com escolas que acolhem e têm os professores e alunos como protagonistas. Além disso, inclui a participação familiar."

Representando as mães dos alunos, Daniela de Paula Cardoso elogiou a iniciativa da Secretaria de Educação. "O processo foi muito importante, pois tiveram o cuidado de nos ouvir." Já Adriana Bezerra, diretora da EMEF Vereador André Franco Montoro falou por todas as gestoras e professoras. "Foi um trabalho difícil, mas muito gratificante. Tive a oportunidade de ter contato direto com os professores de toda a rede e ouvi um pouco sobre cada unidade."


                      

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário